8 PARAÍSOS DO NORDESTE PARA ESQUECER DA VIDA


Barra do Cunhaú (foto: Eduardo Vessoni)

8 paraísos do Nordeste para esquecer da vida


A gente sabe que não anda nada fácil para ninguém.
Crise econômica, disputa política e uma incerteza nacional que faz a gente temer qualquer planejamento.
Mas o litoral brasileiro tá cheio de endereços isolados capazes de fazer a gente esquecer os perrengues e cair na estrada por alguns dias.
Embora conte com mais de 7 mil km, o litoral do Brasil faz fama mesmo na sua porção nordeste, onde destinos como Caraíva, Maragogi e Galos são alguns dos destinos desenhados para a gente esquecer da vida (ainda que por alguns dias). E a boa notícia é que o inverno brasileiro nem sempre chega àquelas terras e os dias de frio do lado de cá do País podem ser substituídos por sol e praia.
O Viagem em Pauta selecionou apenas 8 desses paraísos, por onde andamos nos últimos meses, mas a lista de destinos nordestinos cobiçados pode ser ainda maior.

Fonte:http://viagemempauta.com.br/2016/05/11/8-paraisos-do-nordeste-para-voce-esquecer-da-vida/


8. ARACAJU


Ilha dos Namorados, próximo a Aracaju (foto: Eduardo Vessoni)
Ilha dos Namorados, próximo a Aracaju (foto: Eduardo Vessoni)
Sem nenhuma estrutura, para sorte de quem também busca sossego, a poucos minutos de Aracaju, a Ilha dos Namorados é uma das paradas dos catamarãs que partem da Orla Pôr do Sol, em direção ao rio Vaza Barris.
Serviços de praia como bebidas e petiscos, cadeiras para descanso e tendas simples sob sombras ficam a cargo da empresa responsável pelo transporte, com parada também na Croa do Goré).


7. CARAÍVA


Caraíva (foto: Eduardo Vessoni)
Caraíva (foto: Eduardo Vessoni)
Essa é a Bahia que não deixa a gente querer voltar para casa; que nos convida caminhar por ruas estreitas de areia que beira o rio e risca o casario colorido de fachadas simples e eletricidade subterrânea, recém-chegada à região, uma solução exigida pela população local que trocou o ronco dos geradores pela invisibilidade dos cabos de luz enterrados, há 6 anos.
Naquelas terras onde a curta alta temporada vai apenas do Natal ao Carnaval, a sensação de que tudo segue igual se repete, quando a Bahia, mais uma vez, mostra sua versão mais isolada do seu litoral sul.


6. MARAGOGI


Maragogi, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)
Maragogi, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)
A gente nunca sabe se aquelas águas cristalinas são azuis, celestes, verdes ou turquesas, mas seus tons colocaram esse destino alagoano na rota dos endereços mais cobiçados do Nordeste brasileiro (que o diga as, sempre lotadas, piscinas naturais que emergem na maré baixa e são rodeadas por barreiras de corais).
Uma das mais visitadas de Alagoas, depois da capital Maceió, Maragogi é dona das maiores barreiras de corais do Brasil, possui uma das melhores visibilidades marinhas do País e se orgulha de ser considerada o Caribe brasileiro.

5. MARCENEIRO


Piscinas naturais da Praia do Marceneiro, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)
Piscinas naturais da Praia do Marceneiro, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)
Há tempos que a alagoana Rota Ecológica não é novidade para viajantes em busca de tranquilidade (que o diga destinos já descobertos como São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, onde fica a Praia do Patacho).
Mas é na Praia do Marceneiro, em Passo de Camaragibe, que o visitante se sente único em terras ainda pouco exploradas.
É ali que jangadas rústicas seguem em direção a piscinas naturais recortadas por corais, a poucos metros da praia, onde você corre o delicioso risco de ser o único forasteiro, com uma piscina inteira só pra você. Destaque também para o encontro do mar com a foz do rio Camaragibe, e para as falésias da Praia dos Morros.

4. BARRA DE CAMARATUBA


Vista aérea da Barra de Camaratuba, em Mataraca, a 110 km de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)
Vista aérea da Barra de Camaratuba, em Mataraca, a 110 km de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)
Com um litoral de apenas 130 km de extensão, a Paraíba tem faixas de areia para todos as gostos. De praias de rio, em Cabedelo, próximo da capital João Pessoa, a endereços isolados do norte da Paraíba.
Localizada em Mataraca, o último município do norte do estado, Barra de Camaratuba tem 13 km de praia de mar aberto e trilha até mangues e lagoas. A região abriga a praia da Baía da Traição, considerada a última reserva de índios Potiguar.

3. GALOS E GALINHOS


Praia do Farol, em Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)
Praia do Farol, em Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)
Localizados a 170 km de Natal, na costa norte do estado, esses dois vilarejos rústicos têm charretes e bugues como únicas opções de transporte, lagoas que viram piscinas naturais entre dunas móveis, praias isoladas que surgem e desaparecem no ritmo da maré, montanhas de sal que riscam o horizonte das salinas locais e um mangue que serve de cenário para passeios gastronômicos de barco.
Como carros não entram no vilarejo de Galos e devem ficar em um estacionamento de Pratagil, de onde saem os barcos que navegam por 10 minutos até a região, a sensação é sempre a de estar desembarcando em algum lugar onde o turismo ainda não chegou (e que seja assim por muito tempo).


2. BARRA DO CUNHAÚ


Barra do Cunhaú (foto: Eduardo Vessoni)
Barra do Cunhaú (foto: Eduardo Vessoni)
A vizinha Praia de Pipa segue no seu estilo hedonista de receber forasteiros, onde o espírito Paz e Amor dos anos 70 deu lugar a baladas fervidas, boutiques que destoam do espírito Flower Power daquela época e restaurantes bem decorados que exageram nas cifras do cardápio.
Mas do outro lado do estreito rio Catú, onde carros seguem sobre jangadas rústicas de madeira até a margem seguinte, a Barra do Cunhaú dá as costas para o turismo de massa e segue a vida na direção dos ventos.


1. FERNANDO DE NORONHA


Praias do Meio e da Conceição, vistas do Forte da Vila dos Remédios, em Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)
Praias do Meio e da Conceição, vistas do Forte da Vila dos Remédios, em Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)
Esse pedaço de terra nada discreto com apenas 26 km², a pouco mais de 540 km de Recife, é daqueles destinos brasileiros capazes de colocar um sorriso fácil em quem acaba de desembarcar.
Faz a gente desacelerar o ritmo, paralisar diante de um dos cenários mais intocados do Brasil e até descer a profundidades pouco comuns a mergulhadores de primeira viagem.



  • Mangue Seco, no litoral norte da Bahia (foto: Eduardo Vessoni)
    Mangue Seco, no litoral norte da Bahia (foto: Eduardo Vessoni)



  • Maragogi, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)


  • Praoa do Farol, em Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)


  • Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)
    Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)


  • Pelo 3ª ano consecutivo, a Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, é eleita uma das melhores praias do mundo


  • Barra do Cunhaú (foto: Eduardo Vessoni)
    Barra do Cunhaú, no Rio Grande do Norte (foto: Eduardo Vessoni)

Postagens mais visitadas deste blog

DESTINO DOS SONHOS : CONHEÇA AS ILHAS MALDIVAS

DHARAMSALA,A "MORADA ESPIRITUAL" - DICAS DE VIAGEM

PRAIA BRASILEIRA É ELEITA A MELHOR DO MUNDO